Nossa História

A Associação Humanitária "Amor e Caridade", fundada em 12 de outubro de 1935, por José Neves Bicudo, na cidade de Jacareí, Estado de São Paulo, está localizada na Rua Cônego José Bento, nºs 537/579. É uma sociedade Espírita Cristã, apolítica, sem fins lucrativos e com personalidade jurídica. 

Objetivos

A Associação Humanitária foi criada com a finalidade de dar assistência aos necessitados, especialmente, à velhice desamparada, à infância e aos enfermos, tendo como objetivos primordiais: a confraternização de pessoas, independente de suas crenças religiosas, raça, cor, nacionalidade e condição social para a prática da caridade, correndo assim, na medida do possível, para a harmonia e tranqüilidade dos assistidos, quer material, quer espiritualmente, para proporcionar-lhes uma sobrevivência humana condigna. Consta também de seus objetivos, desenvolver ativa propaganda por meio de publicação, conferências e exemplos, para motivar os seus associados e demais pessoas da comunidade, no sentido de participarem no trabalho assistencial, mantendo o relacionamento com outras instituições congêneres para dar maior amplitude e eficiência à ação humanitária e, por último, estabelecer relações com órgãos públicos para ampliar recursos assistenciais da instituição. 

Associados

A Associação Humanitária "Amor e Caridade" é constituída por um número ilimitado de sócios, distinguidos em 3 (três) categorias: Fundadores, Beneméritos e Contribuintes. Historicamente, no Brasil, as Diretorias de Casas Assistenciais são atividades não remuneradas, o que também acontece na Associação. As atividades dos Diretores e Conselheiros são, inteiramente, gratuitas, sendo vedada a distribuição de lucros, dividendos, resultados, participações, parcela do patrimônio ou bonificações a dirigentes ou associados sob qualquer forma ou pretexto. Na atualidade, para atender 63 internos, a Associação Humanitária "Amor e Caridade" conta com um quadro de funcionários, cuja folha de pagamento é mantida com recursos municipais, doações e contribuições de associados, funcionários cedidos pela Prefeitura Municipal e voluntários. A Associação mantém, durante as 24 horas do dia, enfermeiras de plantão para atender os internos em medicação, refeição e curativos. Para os casos de emergência, faz-se encaminhamento a hospitais ou Pronto Socorro, em viatura própria ou do Serviço Social do Município. O atendimento ambulatorial é executado, em parte, pelo Sistema de Saúde do Município e, outra parte é oferecido no próprio Posto Médico da Associação ou em consultórios particulares por médicos voluntários. A fisioterapia, após avaliação médica da fisioterapeuta, é executada em aparelhos próprios na Instituição.                                                                                      

Ambiente

A Associação Humanitária é um lugar aconchegante, com sala de TV para os assistidos, piscina, ambiente arborizado e florido, refeitório, ampla cozinha, fisioterapia, fábrica de fraldas, horta, biblioteca e uma grande área coberta destinada ao lazer, reuniões e festividades.

Sample title